As emoções foram censuradas?

Emoções são essenciais para desfrutarmos a vida em sua plenitude. O Hemisfério Direito do cérebro é quem comanda o lado emocional, e parece estar sendo censurado.

E aí, beleza?

Atualmente fala-se muito de resiliência, em ser forte, resistente às adversidades. emoções censuradas Gabriel MetzlerAguentar cobranças excessivas, correria em função do trânsito, insegurança e as pessoas ainda precisam aparentar estabilidade emocional, equilíbrio 24 horas por dia.

Talvez você já tenha se emocionado com seu filho, marido ou esposa, mas, por algum motivo preferiu manter-se, pelo menos externamente, estável, sem demonstrar qual seu real sentimento. Não é verdade? E eu te pergunto, por que decidiu agir assim?

O lado esquerdo do cérebro é o racional, métrico, calculista.

É o lado esquerdo do cérebro que nos mantem em segurança. É o lado esquerdo que nos faz tomarmos decisões baseadas na razão. Só que, às vezes, nos impede de alçar voos maiores. Porque onde existe segurança em excesso, existe cautela, um medo.

E o lado direito do nosso cérebro é a emoção.

E ele tanto pode nos ajudar, quanto atrapalhar. E se você ouvir só um lado da emoção vai tomar decisões que vai se arrepender para o resto da vida. É aquela ânsia de querer fazer alguma coisa e sair fazendo.

E se você ouvir só a razão, provavelmente vai deixar de fazer algumas coisas. De ir atrás dos seus sonhos.

Com a perda da visão, aprendi a trabalhar melhor o hemisfério direito do meu cérebro. Atualmente minha visão está diretamente ligada a minha imaginação. Ainda tenho as lembranças visuais, e com novas referências como cheiro, sons e descrições tento montar aquela imagem na minha mente. Desenvolver a criatividade passou a ser tarefa diária para mim.

Ao mesmo tempo que eu ouço muito minhas emoções, algumas decisões são guiadas muito mais pelo lado esquerdo do cérebro, o lado racional, do que quando eu podia enxergar. Hoje eu procuro colocar os dois hemisférios do cérebro para trabalhar em parceria. Se eu tiver vontade de andar de bicicleta, eu não posso simplesmente pegar uma e sair andando. Acho que não vai dar muito certo. Tenho que achar uma com dois lugares e andar junto com alguém. Mas nem por isso eu vou deixar de sentir a emoção de andar de bicicleta, sentir o vento no rosto.

E é aí que está a pergunta que eu quero te fazer. E como estão as emoções na sua vida?

Estão caladas, você tem se guiado só pela razão? Ou anda numa linha de equilíbrio? Você pode dizer que está muito bem nessa questão.

Eu sugiro que você seja sincero com você mesmo, será que não está faltando um pouco de tempero na sua vida?

Será que você tem feito coisas diferentes? Tem acessado um novo caminho…

Ou elas estão gritando e você tem tomado decisões só pela razão?

O campo das emoções não precisa de um milagre para ser trabalhado. Confesso que eu costumava agir muito mais pelo racional, evitando desfrutar e explorar minhas emoções.

Por exemplo, para mim, 10 passos em uma nova direção despertam uma nova emoção, é um caminho novo, um lugar diferente e junto vem a sensação de liberdade. E você que pode ir para qualquer lugar? Que os seus olhos te guiam, Você tem se privado das emoções? Ou tem se permitido sentir emoções?

Será que você Está fazendo economia de emoções?

Se for para fazer economia na sua vida, que ela seja financeira. Se permita sentir emoções.

Se tiver vontade de chorar, chore. Se tiver vontade de rir, ria. Nós não somos robôs, mas parece que estão tentando robotizar nossas emoções.

Tenha um novo olhar para suas emoções.

Grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *